sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Ausente da net.. mas nem tanto :D

Enjoei de redes sociais, pelo menos por enquanto :/

Vou acessar as informações vez ou outra, só pra saber como estão as coisas. No Face.. curtir menos.. catucar beeem menos, quase nada..
..to numa onda de trabalho que me consome o dia todo, com a fúria de um vórtice de tornado.. e, pasme, com restrição de acesso a alguns sítios.

Resolvi que tenho que pedalar. É como que uma "vibe" que eu to passando e que eu penso me fazer bem, perder peso e garantir uma velhice com saúde.. sei lá, meu corpo é que ta pedindo isso, não é de hoje, e de uns meses pra cá tem gritado incessantemente essa necessidade. A decisão foi tomada antes de conhecer alguns cicloativistas, e mesmo sem sê-lo, senti que devo, como cristão, abraçar essa causa, não devido ao motivo óbvio, mas principalmente por causa da forma como os pedalantes abordam o assunto, com seriedade ímpar.

Na verdade, o conceito de carro foi reformulado.. só serve pra quando preciso levar mais gente, quando tenho que carregar mais coisas pra lugares distantes, ou mesmo em dias ou horários fora do padrão do sistema.. enfim, perdeu a graça! Sem contar o fato de ser desanimador pra caramba saber que, quando eu utilizo qualquer transporte movido a combustível fóssil, sou corresponsável pelos efeitos nocivos da poluição no ar, elemento tão preciosamente criado por Deus para vivermos.. não posso concordar passivamente.. até mesmo o Papa João Paulo II pedalava quando era mais novo, justo ele, um homem santo e apaixonado por bicicleta, meu melhor exemplo!

Apesar de não parecer, ir a pé pro trampo me deixou menos cansado, menos estressado e mais disposto.
Até pensava em ir de bike todo dia (o que exige comprar uma mais leve e devolver a emprestada), mas não há sequer um bicicletário ou paraciclo adequado, nem mesmo um para visitante.

[ Editado ]

Bom, depois de entrar aqui pra editar o texto, claro, vim confirmar o óbvio: estive pedalando há um tempinho e após 3 Kg mais magro, notei mudanças significativas!
Meu humor era ruim, ficou ótimo, conseguia chegar na hora (ahahahahah), e já pensei em contaminar minha esposa com o virus do pedal.. hehehe
Eu tive uma bike WBT 2012 e ela tem uma 2013.. mas após 2 anos a minha foi afanada, difícil querer ter algo barato e algum vagabundo levar!

[ / Editado ]

Retomando sobre a ausência, tenho que sair mais, tipo.. voltar a sair pra tocar com banda.. mesmo sem ganhar $$$, por diversão, terapia.. sei lá, entenda como puder.
Se alguém aí (Zona Lost de Sampa) topa formar uma ou mais bandas, pra já, rolando ou não algum $$$, a gente estuda ou elabora algum repertório e sai pra se divertir com nossas famílias e amigos!

Também se pode marcar por e-mail, Twitter ou pelo Face um passeio de bike (quem quiser, pode vir de skate, patins, etc), caminhadas, trilhas, umas partidas toscas de Paintball, Handebol, Rugby, Jogo de Botão, Uno, rodízio de pizza (esfiha), cinema (em casais, ou em grupo de amigos), churras, FPS online que não exija muito do meu PC velho, PS2, dominó, boliche, lanchonete, música ao vivo tipo barzinho&violão, missa, batizado, casório, eventos de bairro, exposição de arte, teatro, pocket shows.. se for perto e tiver onde guardar a bike a gente vai pedalando mesmo.. se for atividade longe, tipo casa na praia, chácara ou camping, a gente estuda um fim de semana, coisa e tal.. aí marcamos alguma atividade!

Passeios mais caros, que custem mais que o habitual, ter que viajar e tal, deixemos pro próximo ano, blz?

Qualquer coisa, me comuniquem no e-mail particular (amigos que tem meu Face, tem acesso).. to lá todo fim de tarde/começo de noite.
Ah.. não abro spam, nem de contatos, oks!?